fbpx
Armazenagem de grãos: etapas, cuidados e importância

Armazenagem de grãos: etapas, cuidados e importância

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Email
granel em fazenda para armazenagem de grãos

O processo de armazenagem de grãos é uma etapa fundamental na logística do agronegócio brasileiro — mas você sabia que não são todos os produtores que reconhecem a importância dessa demanda?

De acordo com esse levantamento da Esalq Log/CNA, e divulgado pelo Globo Rural, cerca de 61% dos produtores de grãos não investem em armazenagem nas fazendas, e também não possuem nenhuma estrutura para a construção de silos.

É justamente essa falta de estrutura que torna a armazenagem de grãos no Brasil um grande gargalo na nossa produção, e a negligência desse tipo de investimento chega a impactar até a nossa economia.

Se não há estrutura mínima para uma gestão correta de armazenamento dos grãos, o produtor não consegue esperar para fazer um negócio mais lucrativo ou por preços menores, o que faz com que ele se livre mais rapidamente do grão.

É basicamente um pensamento de: ou se perde a produção, ou compromete-se a qualidade da commodity ali produzida.

Falar sobre a armazenagem de grãos e destacar a sua importância é essencial para mudar esse cenário — e é por isso que Sygma Sistemas preparou um conteúdo especial sobre o tema!

Confira aqui nosso guia completo sobre como fazer armazenagem de grãos, incluindo as etapas, principais cuidados, e ferramentas que você pode usar para otimizar essa logística na sua fazenda.

Acompanhe até o final e boa leitura!

Quer saber mais sobre implementos agrícolas e quais os principais recursos para usar no manejo da terra? Temos um artigo sobre esse assunto, que você pode conferir aqui.

O que é armazenagem de grãos?

O processo de armazenagem de grãos pode ser resumido como uma técnica que preserva o item produzido e mantém suas características íntegras, desde a colheita até a etapa de distribuição.

Dependendo da escala de produção de cada fazenda, essa demanda pode exigir grandes estruturas e recursos, uma vez que os grãos precisam ficar protegidos de todos os fatores externos que possam comprometer a sua integridade.

Ou seja, investir em silos de armazenagem significa direcionar recursos financeiros para processos de higienização e secagem dos grãos, carregamento e distribuição, além de se atentar para o procedimento defensivo agrícola, quando necessário.

Qual a importância da armazenagem de grãos?

silo para armazenagem de grãos a venda

Quando esse processo é realizado da forma correta, a armazenagem do que é produzido na fazenda traz uma série de vantagens ao produtor, inclusive potencializando seus lucros.

É por meio da armazenagem dos grãos que se pode manter a qualidade da commodity, uma vez que essa logística começa, essencialmente, impactando até um melhor planejamento do plantio da lavoura.

Se o produtor investe em um silo para armazenamento dos seus grãos, ele consegue o diferencial de definir qual será a melhor estratégia para colheita, uma vez que vai ter um espaço para tratamento dos grãos dentro da fazenda, independentemente do clima.

Ainda, a armazenagem dos grãos impacta diretamente processos logísticos e oferece um fluxo mais rápido de colheita — você não deixa caminhões esperando na fila e não compromete a qualidade da mercadoria.

Em suma, contar com uma estrutura de armazenagem é ter muito mais comprometimento com a comercialização do produto, e o cliente que prioriza comprar da sua produção reconhece esse esforço, se tornando também uma boa estratégia de fidelização.

Quais são os tipos de armazenamento de grãos?

Atualmente, os produtores podem contar com duas diferentes modalidades na armazenagem dos grãos produzidos: na sua própria fazenda, a depender do espaço, ou em armazéns específicos para grãos.

Dentro da propriedade, o produtor precisa investir na construção de galpões ou silos, considerando suas necessidades, e manter esse armazenamento ali próximo pode ser interessante para controlar melhor a qualidade dos grãos.

Ainda, o armazenamento dos grãos feito pelo próprio produtor pode ser mais barato a longo prazo.

No entanto, se ainda não se pode contar com recursos para investir nessa estrutura própria, uma opção é a parceria de armazéns de grãos, que são igualmente eficientes e garantem a estocagem das commodities em boas condições.

Onde deve ser feita a armazenagem de grãos?

silos de armazenagem de grãos no campo aberto

A forma mais comum adotada pelos produtores, principalmente quando estes resolvem investir em estruturas de armazenagem dentro da própria propriedade rural, é por meio dos silos.

Essas construções são projetadas especialmente para armazenar mercadorias secas e úmidas, além de poderem guardar os grãos por longos períodos.

No entanto, existem outras opções de armazenamento; confira abaixo onde costuma ser feita essa estocagem de grãos:

Silos de bolsa

Também chamados de bags, os silos de bolsa são boas opções para grãos que não suportam muita umidade, uma vez que precisam estar secos para serem guardados nessa modalidade.

Aqui, além do investimento na estrutura que compõe as bags, o produtor deve arcar com os custos de secagem dos grãos; silos de bolsa também são mais suscetíveis a ataques de animais e pragas, e essas intempéries devem ser levadas em conta.

Armazéns para sacarias

Se o tipo de mercadoria a ser armazenada fica melhor estocada em métodos que não são a granel, ensacar o produto e mantê-lo em um armazém acaba sendo uma alternativa muito mais viável.

Essa modalidade de armazenagem garante um maior controle de lotes e menor custo de implantação; além disso, o produtor possui maior facilidade em detecção e separação dos grãos estragados, e a possibilidade de armazenamento de diferentes tipos de grãos.

Silos de armazenamento em conjunto com outros produtores

Estruturas de armazenamento divididas com outros produtores rurais são uma alternativa muito interessante para aqueles que não possuem seu próprio espaço para essa logística, além de ser mais econômico.

Esse tipo de armazenamento de grãos é bastante utilizado por cooperativas agrícolas, e ao decidir por essa modalidade deve-se levar em consideração a localização do silo e demais critérios de acordo impostos pelos próprios produtores envolvidos.

Unidades armazenadoras para pequenos e médios produtores

Para compreender as necessidades de produtores que ainda estão começando, bem como os que estão no processo de se tornarem grandes produtores, existem unidades de armazenamento desenvolvidas exatamente para esse tipo de produção.

Com um planejamento bem executado, essas unidades abrangem critérios como economia em transporte, um melhor rendimento na colheita, e redução das perdas que costumam ocorrer no campo.

Ainda, esse tipo de armazenamento de grãos oferece mais autonomia para o pequeno e médio produtor performar suas estratégias de venda.

Além dos tipos que citamos acima, são outras opções de armazenamento:

  • silos metálicos;
  • silos de espera;
  • silos secadores;
  • silos de concreto;
  • silos de expedição.
Emissor de Nota Fiscal Produtor Rural
Produtor rural, conheça o melhor software emissor de notas fiscais feito para você. Saiba mais!

Como escolher o melhor tipo de armazenagem de grãos?

gestão de armazenagem de grãos

É importante destacar que a decisão de como será feita a armazenagem dos grãos depende, principalmente, das condições que cada carga apresenta para estocagem.

Devem ser levados em conta fatores como:

  • tempo de armazenagem previsto;
  • mão-de-obra designada para o serviço;
  • microclima do local do armazenamento;
  • quantidade de grãos que será armazenada;
  • maquinário que está disponível para a demanda;
  • estudo de incidência de pragas e patógenos na região;
  • dimensão e relevo da propriedade, bem como a face de exposição.

Depois de analisados esses fatores, fica mais fácil, inclusive, determinar de que forma será feita a armazenagem do grão, de maneira a potencializar a produção e reduzir os prejuízos que acometiam a empresa.

Antes de decidir como o silo deve atuar, e quais recursos deve compreender, o produtor deve analisar as especificidades de cada grão que será armazenado ali.

São exemplos dessas características, considerando as commodities agrícolas mais comuns:

Sojasuporta umidade de até 11%; aceita armazenamento a granel ou em sacarias
Cafésuporta umidade de até 65%; aceita armazenamento em tulhas ou sacaria de juta
Feijãosuporta umidade de até 13%; aceita armazenamento a granel ou pode ser ensacado
Milhosuporta umidade de até 12%; aceita armazenamento a granel.

Quais as etapas do processo de armazenagem de grãos?

Armazenar grãos é uma demanda que, além de muito importante para potencializar a produção, também reduz prejuízos com a perda de mercadorias devido à estocagem incorreta — mas isso deve ser feito seguindo as etapas pré-determinadas.

Desde a colheita até o transporte, uma armazenagem eficiente dos grãos produzidos compreende o seguinte passo a passo:

  1. recepção, onde são recebidos os grãos a serem armazenados;
  2. amostragem, para que sejam analisadas as condições de armazenamento de cada grão;
  3. pré-limpeza, onde o ambiente é preparado para receber a commodity em questão;
  4. secagem, para que o grão fique na temperatura e condição de umidade adequada para estoque;
  5. classificação, que determina quanto tempo e em qual espaço do silo ou armazém o grão deve ficar;
  6. limpeza de semente de grãos, etapa básica para garantir que a mercadoria mantenha sua integridade até a distribuição;
  7. armazenagem, quando a carga finalmente pode ficar guardada até que seja destinada ao consumidor.

A padronização desse processo ajuda o produtor a entender melhor como se comportam as condições de cada grão na armazenagem a que é submetido, além de ajudar a mensurar custos.

Ainda, seguir essas etapas deixa o produtor dentro dos critérios que compõem as etapas do beneficiamento rural.

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural disponibiliza uma cartilha completa com mais considerações acerca das etapas de armazenagem de grãos; confira o material na íntegra!

Vale lembrar que os processos de manutenção e armazenagem dos grãos também são válidos para as operações logísticas. Além disso, a emissão de CTE para transporte de grãos também inclui algumas particularidades que merecem uma atenção especial daqueles que trabalham com este tipo de produto.

Cuidados para ter durante o armazenamento de grãos

Para que o processo de armazenagem de grãos seja realizado com sucesso, independentemente se é feito em armazéns ou silos das mais variadas estruturas, o produtor deve estar atento a alguns cuidados básicos.

Considerar esses detalhes ajuda a reduzir imprevistos e possíveis prejuízos nas etapas que antecedem o armazenamento, além de potencializar essa logística.

Confira abaixo algumas dicas que separamos:

Monitoramento de temperatura e aeração

A termometria, ou controle de temperatura, dentro do espaço de armazenamento, é um fator que interfere diretamente na qualidade dos grãos ali estocados – logo, tanto a temperatura quanto a aeração devem ser constantemente monitoradas.

É interessante que a temperatura no espaço seja mantida abaixo de 14 ºC ou acima de 18 ºC, a depender do grão que está sendo mantido ali.

Monitoramento de pragas e roedores

Espaços de armazenamento de grãos são grandes atrativos para roedores e pragas que podem acometer o estoque; logo, o controle desses invasores deve ser parte da logística adotada pelo produtor.

Certifique-se de sempre monitorar possíveis infestações para evitar grandes perdas, além de garantir que a mercadoria esteja em seu melhor estado de qualidade.

Verifique a umidade dos grãos

Muitas commodities não suportam grandes níveis de umidade, demandando um espaço mais seco para serem armazenadas — e levar em consideração as características de cada grão guardado faz toda a diferença na sua produção.

Os grãos possuem teores de umidade específicos, que devem ser estudados antes do produtor decidir a sua modalidade de armazenamento, e umidade do local deve ser constantemente monitorada.

Aqui, investir melhores recursos na etapa de secagem e armazenagem de grãos vai fazer toda a diferença!

Limpeza da unidade de armazenamento

Seja um silo ou um armazém, o local que for escolhido para manter os grãos deve ser constantemente limpo e higienizado.

Por isso, certifique-se de executar processos de desinfecção do espaço com uma periodicidade previamente definida, evitando gastos desnecessários no futuro, bem como a perda de mercadorias.

Verificar as condições regularmente

Todos esses cuidados devem ser constantemente monitorados, com uma análise de investimentos para mensurar o que mais pode ser adicionado para melhorar as condições de armazenamento dos grãos, além de analisar o que não está funcionando da forma adequada.

O produtor deve ter em mente que precisará de uma equipe destinada exclusivamente ao acompanhamento do armazenamento de seus grãos, e que seguir cuidados como os que destacamos acima faz grande diferença nos lucros da produção.

Como fazer controle de custos dos silos com tecnologia?

homem fazendo controle de armazenagem de grãos ao lado de um silos de alta tecnologia no mercado

A devida importância dada à armazenagem de grãos influenciou o mercado a começar a investir em ferramentas e recursos que otimizam o controle de custos e potencializam os resultados dos estoques feitos.

Com o auxílio da tecnologia, como o uso de softwares que contabilizam gastos e investimentos, o produtor consegue mensurar quanto dos seus rendimentos estão sendo destinados aos processos de armazenagem, e quanto pode ser economizado.

Conheça o Software de Armazenagem de Grãos da Sygma!

Se é possível contar com a tecnologia para potencializar os resultados da sua logística de armazenamento, que seja fazendo uso da melhor ferramenta do mercado, que é o Software de Armazenagem de Grãos da Sygma!

Aqui, você pode integrar seus principais serviços de armazenagem a um sistema completo, eficiente, e que vai ser o melhor amigo da sua produção.

Nosso software oferece uma abordagem inteligente e uma gestão assertiva para seus processos, apresentando vantagens como:

  • cobrança automática de serviços;
  • emissão de tíquetes de pesagem;
  • apuração de quebra técnica de massa;
  • tabelas de classificação personalizadas;
  • gerenciamento de contratos de armazenagem de grãos;
  • e muito mais!

Tudo isso com a qualidade Sygma que você já conhece, além de suporte 24 horas, para ajudar você com qualquer imprevisto contábil da sua produção.

software LCDPR teste gratuito
Conheça o melhor software de LCDPR! Você pode fazer um teste gratuito por 15 dias.

Conclusão

O processo de armazenagem de grãos não deve ser interpretado como um diferencial da sua produção: ele deve ser encarado como um investimento a longo prazo para potencializar os resultados do seu negócio, e você conferiu a importância dele no artigo de hoje!

Para evitar prejuízos com grãos que não resistem às altas temperaturas, pragas, ou até se perdem em processos de transporte executados sem eficiência, espaços de armazenagem são fundamentais.

Gerir essa logística não precisa ser difícil, principalmente se você conta com ferramentas como o Sistema Sygma — a gente garante que a sua produção vai agradecer por esse recurso; confira nosso ERP e ateste toda a eficiência das soluções de Sygma!!

Quer mais dicas? Acesse aqui o blog completo de Sygma e fique sempre atualizado de nossos conteúdos!

A SYGMA É SUA PARCEIRA DE TODAS AS
HORAS NA EMISSÃO DE NF-e RURAL.

O EMISSOR FISCAL SYGMA é fácil de usar e oferece funcionalidades como cálculo automático de impostos, integração com sistemas contábeis e muito mais. E você conta com o suporte técnico de nossos especialistas, 24 horas por dia, de domingo a domingo, sempre que precisar. Experimente o Emissor Fiscal Sygma e gere as notas fiscais com muito mais tranquilidade.
Se é SYGMA, você pode confiar.
Emissor NFe Produtor Rural Sygma

Veja também:

Comentários:

Deixe um comentário

Emissor NFe Produtor Rural Sygma

Precisa de ajuda para emitir notas?

Experimente
Grátis!

Nota Fiscal de Produtor Rural é com a Sygma!

Experimente nosso Emissor de Nota Fiscal por 15 dias e tenha suporte técnico 24 horas. Confira nossa qualidade!

Explore
Drag