fbpx
Agricultura Vertical: Veja Como surgiu, benefícios e Impactos

Agricultura Vertical: Veja Como surgiu, benefícios e Impactos

Compartilhe:

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Email
agricultura vertical
Foto: AeroFarms | Fazendas verticais.

Você já ouviu falar em agricultura vertical? O conceito tem sido muito discutido entre o universo do agronegócio nos últimos anos e é considerado uma tendência poderosa para as próximas décadas!

Diante de tantas inovações, é essencial que os produtores rurais e outros profissionais do ramo se mantenham atualizados.

Apesar disso, muitos produtores rurais ainda não sabem, exatamente, quais os benefícios apresentados pela agricultura vertical ou como ela impacta em suas vidas e negócios. 

Por isso, desenvolvemos um artigo completo, com tudo o que você precisa saber sobre a agricultura vertical e seus impactos. Confira!

O que é agricultura vertical?

Agricultura vertical, como o próprio nome sugere, é a prática de cultivo de hortaliças e outras culturas verticalmente, diferentemente da tradicional agricultura de campo. 

O cultivo é feito em camadas, contando com iluminação, solo e estruturas artificiais, geralmente estabelecidas em grandes centros urbanos. 

Essa metodologia de agricultura é totalmente eficiente, já que não ocupa tanto espaço e promove a sustentabilidade. Podemos afirmar que as fazendas verticais são a agricultura do futuro. 

Como ela surgiu?

A agricultura vertical surgiu frente à necessidade de novas metodologias de cultivo, principalmente em grandes cidades, por conta da dificuldade de encontrar hortaliças e alimentos frescos de modo acessível. 

Além disso, ainda existe o grande desafio relacionado à produção de alimentos em grande escala, conforme o apressado ritmo de crescimento populacional e à falta de terras férteis suficientes para o cultivo. 

Outra preocupação constante se relaciona às práticas de cultivo sustentáveis no agronegócio, que agridam menos aos diferentes perfis de solo e ao meio ambiente em que se inserem. 

Todos esses pontos, unidos à demanda alimentar da população, que está cada vez mais buscando dietas mais saudáveis e naturais, levaram ao desenvolvimento de um novo modo de cultivo, a agricultura vertical. 

Hoje, já existem inúmeras fazendas verticais ao redor do mundo, porém o termo surgiu com o Professor Dickson Despommier da Universidade da Columbia. 

Despommier tem um livro (“The Vertical Farm: Feeding the World in the 21st”, do inglês) e, segundo uma entrevista para ABC News sobre o tema, incentiva a adoção de fazendas verticais alegando que “um agricultor de ambiente controlado não reza pela chuva”. 

Afinal, as fazendas verticais não dependem de condições climáticas naturais para a produção de alimento. 

A iluminação, por exemplo, é artificial, com luzes de LED e existem técnicas de hidroponia (cultivo sem necessidade de solo firme, as raízes das plantas podem ser imersas em soluções de água e fertilizantes para se desenvolverem). Uma estratégia inteligente, não acha?

Quais os benefícios da agricultura vertical?

agricultura vertical benefícios
Foto: Unsplash | Benefícios e redução do desmatamento.

A agricultura vertical apresenta muitos benefícios, principalmente sociais e ambientais, como aconteceu em Singapura, com a primeira fazenda vertical, chamada Sky Greens, em 2012. 

A iniciativa é muito significativa para a localidade, que precisa importar cerca de 90% dos alimentos pré-processados. 

Países e regiões como Singapura, que não possuem terras o suficiente para agricultura, se beneficiam muito dessas metodologias. Outros benefícios são citados a seguir.

Redução dos impactos negativos às florestas

Não é novidade que, pelo menos no Brasil, áreas enormes de florestas são desmatadas anualmente, para o cultivo do solo e práticas agropecuárias

Segundo uma matéria da CNN Brasil, utilizando dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o desmatamento na Amazônia em 2021 alcançou o recorde em 5 anos, crescendo cerca de 6% se comparado com o mesmo período em 2020.

Esses dados apenas confirmam que técnicas de agricultura vertical podem garantir a redução do desmatamento e queimadas nas florestas, especialmente no Brasil. 

Utilização de espaços abandonados ou sem uso

Espaços inabitados ou inutilizados para moradia como prédios e edifícios antigos podem ser lar de fazendas verticais. 

Isso garante o aproveitamento lucrativo de espaços sem uso, reduzindo a necessidade da compra ou aluguel de novos locais para implementação desse modelo.

Melhoria da qualidade do ar no ambiente urbano

Com técnicas de agricultura vertical no coração das áreas urbanas, a emissão de gases benéficos não poluentes, como o oxigênio, serão aumentadas, melhorando a qualidade do ar e promovendo mais saúde à população.

Redução dos custos com logística e transporte da colheita

Se antes, com as plantações afastadas dos centros urbanos, muitos alimentos se deterioram devido às más condições de transporte e armazenamento até as cidades, com as fazendas verticais esse não será mais um problema recorrente. 

Com fazendas verticais nas cidades, o tempo de deslocamento e condições de transporte dos alimentos até os centros comerciais será otimizado, evitando o desperdício.

Agricultura vertical: O que muda para o produtor rural?

agricultura vertical mudanças
Foto: Unsplash | Produtores rurais precisam se modernizar.

Tantas novidades e vantagens podem deixar alguns produtores rurais “de cabelo em pé”. Mas, a verdade é que o agronegócio vai continuar sendo um dos maiores pilares da economia nacional. 

Por isso, os produtores rurais precisam se atualizar para manter a competitividade e lucratividade ideais. 

Um dos modos de se preparar para este futuro não tão distante é por melhorar os processos produtivos em sua própria fazenda, a fim de deixá-los o mais sustentável possível

Outra maneira de se atualizar é contar com tecnologias e automações para aumentar a produtividade rural e reduzir custos, tornando os preços e a qualidade dos alimentos mais acessíveis.

A chegada de automações e facilidades para o produtor rural

Já estão disponíveis inúmeras tecnologias que facilitam a vida do produtor rural e permitem o aumento da produtividade e otimização de recursos. 

Uma tendência tecnológica muito interessante no mercado e que se relaciona à agricultura vertical é a utilização de estufas que contem com tecnologias de controle de irrigação, temperatura, luminosidade e adubação. 

Apesar disso, não é preciso ir muito longe para identificar as tecnologias já utilizadas pelos produtores rurais: a internet está mais presente em suas rotinas do que imaginamos. 

Através da internet, um universo infindável de possibilidades são possíveis: desde a contratação de softwares de controle de produção, sistemas de armazenagem de grãos, controle de estoque, contagem de estoque com coletor eletrônico e muito mais. 

Até mesmo processos contábeis e administrativos podem ser otimizados através da modernização, como a emissão de notas fiscais para produtores rurais, através de um sistema único oferecido pela Sygma Sistemas. 

Entenda como a Sygma auxilia o produtor rural

Através de um sistema completo de emissão de nota fiscal para produtor rural, a Sygma auxilia o agricultor e permite que ele otimize tempo e energia com processos de emissão de notas fiscais eletrônicas. 

Além disso, o produtor rural tem assistência 24h e pode contar com uma equipe técnica totalmente competente e qualificada para ajudá-lo com qualquer dificuldade durante a utilização do software. 

Um benefício enorme é a possibilidade de calcular os impostos automaticamente, bem como a capacidade de integração do software com outros sistemas contábeis que o produtor rural talvez possua.

Emissor de Nota Fiscal Produtor Rural
Produtor rural, conheça o melhor software emissor de notas fiscais feito para você. Saiba mais!

Conclusão

Percebeu como a agricultura vertical e a necessidade de atualização e adequação do produtor rural a essas inovações são constantes no mundo do agronegócio? 

É importante que você entenda tudo sobre o tema, sem restar nenhuma dúvida. Por isso, caso você tenha ficado com qualquer dificuldade de entendimento, comente aqui a sua dúvida e nossa equipe especializada o responderá o mais breve possível. 

A SYGMA É SUA PARCEIRA DE TODAS AS
HORAS NA EMISSÃO DE NF-e RURAL.

O EMISSOR FISCAL SYGMA é fácil de usar e oferece funcionalidades como cálculo automático de impostos, integração com sistemas contábeis e muito mais. E você conta com o suporte técnico de nossos especialistas, 24 horas por dia, de domingo a domingo, sempre que precisar. Experimente o Emissor Fiscal Sygma e gere as notas fiscais com muito mais tranquilidade.
Se é SYGMA, você pode confiar.
Emissor NFe Produtor Rural Sygma

Veja também:

Comentários:

Deixe um comentário

  1. Post comment

    Walter Carlos Almeida Junior says:

    Por favor veja entrevista com uma das precursoras dos produtores rurais verticais

  2. Li uma matéria sobre agricultura vertical e pensei que voces auxiliava na implantação de uma fazenda vertical

    1. Olá Misael! Nós desenvolvemos sistema para emissão de Nota Fiscal para Produtor Rural e também Livro Caixa (LCDPR), mas não atuamos na área agrônoma.

Emissor NFe Produtor Rural Sygma

Precisa de ajuda para emitir notas?

Experimente
Grátis!

Nota Fiscal de Produtor Rural é com a Sygma!

Experimente nosso Emissor de Nota Fiscal por 15 dias e tenha suporte técnico 24 horas. Confira nossa qualidade!

Explore
Drag